Viagens
  • Um dos restaurantes dentro do hotel Castiglioni del Bosco, localizado junto ao Ristorante Campo del Drago, no Borgo perto da Igreja de San Michele, a Osteria La Canonica oferece almoço e jantar informal na autêntica atmosfera acolhedora de uma trattoria Toscana, restaurada e remodelada no estilo verdadeiro Rosewood Castiglion del Bosco.

    Aberto durante todo o dia, a Osteria possui mesas isoladas em uma varanda com sombra e vista para o vale. Neste ambiente rústico, fundida em madeira e ferro forjado , um forno à lenha é usado para preparar uma deliciosa variedade de pizzas enquanto produtos sazonais da horta orgânica são combinados com outros ingredientes naturais e azeites frescos dos bosques locais para criar a tradicional cozinha toscana e italiana.

    Nossos pedidos:

    toscanatips

  • Quando tinha 16 anos morei uma temporada em Florença, mas nunca tinha vindo para esses lados da Toscana. Estou maravilhada com o Castiglion del Bosco aqui em Montalcino! Um dos lugares mais lindos que já visitei!

    TOSCANA

    O hotel fica a 92km de Florença e 12km de Montalcino (onde se produz o famoso vinho Brunello di Montalcino!), no coração da Toscana e conta com apenas 23 suites. Ele era um antigo borgo e foi fundado por Massimo Ferragamo, da família Ferragamo.

    Aliás, durante uma visita à lojinha, a vendedora me confidenciou que é a Sra Ferragamo quem escolhe pessoalmente cada item da boutique do hotel ( tá explicado o bom gosto na seleção das pecas! rs)

    TOSCANA-2

    Ele conta com dois restaurantes, um mais casual e outro formal que proporcionam aos hóspedes a degustação de pratos típicos da região assinados pelo Chef Enrico Figliuolo. Se voce quiser ir mais à fundo na gastronomia local, podel fazer aulas de culinária com os chefs do hotel, uma experiência que vai desde a escolha dos ingredientes na horta até a preparação dos pratos.

    O campo de golfe de 18 buracos é espetacular, a grama lisinha e o campo super bem tratado! (Palavra dos jogadores aqui de casa! rs)

    Além disso, você pode fazer atividades como caminhadas, passeios de bicicleta pelas belas estradas entre vinhas e colinas, mountain-bike, cavalgada, caça às trufas negras ou brancas e ainda a degustação do
    famoso Brunello di Montalcino, considerado um dos melhores vinhos do mundo. Para os mais esportivos, o hotel também oferece quadra de tênis, golfe, natação, trilhas e outras atividades.

    Como a ideia era viajar em família, ao invés de ficarmos no corpo do hotel, resolvemos alugar uma Villa, ou casa, para podermos ficar todos juntos, por mais tempo. Escolhemos uma das algumas casas
    oferecidas pelo hotel, a Villa Biondi, e já estamos no 5o. dos 15 dias que passaremos aqui.

    TOSCANA3

    Apesar de estarmos na casa, temos o serviço do hotel e podemos usar todas as amenities tipo Spa, academia de ginástica, etc… Aliás, a academia fica numa casa de vidro na montanha, com uma vista
    espetacular! Um show! E no Spa e possível marcar aulas de Pilates, Yoga e diversos tipos de massagens!

    A paz que se sente aqui e indescritível! Não existe barulho algum a não ser o canto dos passarinhos e o vento. Brinquei com meu noivo que estamos numa pre-lua-de-mel (so que com a família… kkkkk) Mas
    brincadeiras à parte, isso aqui é muito romântico! Poderia perfeitamente ter passado minha lua de mel aqui, se não fosse cair no inverno daqui, época em que o hotel fecha.

    Nota mil! Fica a dica!

  • Distância: De Bédoin, 21.8km
    Máxima inclinação: 11%
    Vertical (altimetria acumulada): 1,611m
    Perigos: Vento, calor e duração

    O seu nome significa ventoso, o que é de fato verdade, pois no cume já se registraram velocidades de 320 km/h, especialmente do vento mistral. O vento é superior a 90 km/h em mais ou menos 240 dias por ano.A montanha tem sido utilizada como final de etapa em várias edições do Tour de France, de  bicicleta.

    Mont Ventoux é uma das escaladas mais clássicas na comunidade ciclística e também a mais temida na França. Conhecida como o “gigante da Provence” a subida é longa, com 1.912 metros de altimetria acumulada. São 21.8km a partir da cidade de Bédoin, sempre com estrada asfaltada e inclinação constante de 10%.

    Talvez a inclinação não seja um problema para a maioria dos ciclistas, só que a cada metro de altitude, o ambiente vai ficando sem vegetação e cada vez mais exposto às influências dos ventos fortes de várias direções. O local, inclusive, já foi palco de acontecimentos trágicos como a morte por exaustão do ciclista inglês Tom Simpson, de 29 anos, durante o Tour de France de 1967.

    Na subida de 1970 Eddy Merckx venceu a etapa mas teve de receber oxigênio; o mesmo aconteceu no Tour de 2013, quando Chris Froome venceu a etapa mas também precisou receber oxigênio após o fim da prova.

    montventoux

    Sem dúvidas foi um dos treinos mais duros da minha vida! Realmente não podemos subestimar o Mont Ventoux. Mais de duas horas de subida sem nenhum descanso, mas valeu a pena! A sensação de chegar ao topo de uma das montanhas mais temidas pelos ciclistas foi demais!

  • O hotel Crillon Le Brave está localizado na região da Provence, sul da França. Ele é cercado por oliveiras e vinhedos e conta com 32 quartos super elegantes e totalmente reformados, proporcionando uma experiência de hospedagem inesquecível. Chegar no quarto ao som de uma boa música, mimos como os produtos L’Occitane no banheiro, a culinária provençal é espetacular e a vista é para o gigante de Provence, o Mont Ventoux, que além de maravilhoso de se ver, é um desafio para pedalar!

    Antigos locais de reunião nesta pequena cidade medieval, um presbitério, estábulos e uma escola foram renovados e convertidos em alojamentos excepcionais, distribuído em sete casas de pedra do vilarejo, onde as ruas estreitas são os corredores do hotel.

    provence
    Esta é uma base ideal na Provence para você explorar os mercados locais, vilas medievais, lojas de antiguidades, campos de lavanda e estúdios de artistas. Outras atrações: a cozinha do chef Jerome Blanchet no restaurante do hotel, assim como inesquecíveis degustações de vinho rosé produzidos na região.

  • Uma praia super gostosa que estou frequentando neste verão aqui na França é a Plage de Passable. Fica no lado noroeste da península, passando pelo Escritório de Turismo e pelo Zoológico.

    PLAGEKaftan Pucci / Chapéu Panamá

    Como fica na face oeste, a vista para a baía de Rade de Villefranche é um espetáculo!