• Bye bye, manchas!
    09/09/2015

    Sabemos que muitas mulheres sofrem com melasmas, por isso, decidi esclarecer algumas dúvidas com minha dermato, Dra Graça Silveira, para entendermos melhor a causa, como se proteger e tratar nossa pele para evitar ou controlar essas manchas tão chatas! 

    melasma

    O que é o melasma:

    São aquelas manchas castanho escuras que aparecem na face. Muito comum nas bochechas, testa e buço. Pode ocorrer menos frequentemente nos braços, colo e pernas.

    Causas: exposição ao sol, luz e calor, estresse, hormônios, queimaduras e traumas locais. O melanócito, célula que produz o pigmento castanho (melanina) é uma célula muito sensível e reativa a qualquer irritação na pele.

    Como tratar:

    Para passar na pele: O uso de filtro solar de forma disciplinada: uma colher de chá por vez para a face. Eu recomendo os filtros físicos, ou de barreira, que são os que rebatem os raios UV. Na composição procure por: dióxido de titânio e óxido de zinco. Alguns exemplos: Sheer physical UV Defense da Skinceuticals; Jonhson Baby bloqueador solar; Fusion Fluid Mineral – Isdin.  Reaplicar a cada duas horas quando estiver ao sol.

    Complementos:  Ao se expor ao sol, associar o uso de chapéus, bonés e barraca. Evite o sol entre 10 da manhã e 16 horas.

    Para tomar:

    Recomendo o uso oral de antioxidantes, tais como o Heliocare cápsulas, que contém o polipodium leucotomos, e da Teína que contém a luteína. Mais recentemente, prescrevo  o acido trenexâmico oral, que age inibindo a formação de fatores inflamatórios na pele. A dose varia de 500 a 750mg/dia.

    No consultório:

    Além dos peelings químicos, que são muitos efetivos,tenho associado aos mesmos a técnica de microagulhamento. Explico: Abrimos pequenas aberturas na pele com um dermaroller (rolinho com agulhas) ou com a dermapen (caneta elétrica com agulhas). O próximo passo é aproveitar os micro furos e aplicar substâncias clareadoras de uso restrito para dermatologistas. Em geral deixo o produto por 8-12 horas. Repito a cada 10 dias ou intercalo com um peeling químico. Caso sobre algum pigmento mais profundo depois desses protocolos, eu avalio a necessidade de algum laser.

    Super dicas:

    1- Se você tem melasma e vai passar o verão em alguma praia comece a usar um antioxidante oral mais ou menos dois meses antes. Isso deixará sua pele mais resistente a manchar de novo. Mantenha o uso do produto até terminar a temporada de sol.

    2- Suspenda o uso de produtos a base de ácido retinóico e derivados 15 dias antes – e só volte a usar passado o verão.

    3- Mesmo no verão, use um clareador leve toda noite. Isso deixará a produção de pigmentos mais reduzida. Exemplo: D Pigment Light da Ávene; Blancy da Mantecorp; Kiaritá da Theraskin.

    4- Alimentação rica em antioxidantes é fundamental, pois são contra eles que lutamos quando queremos deixar a pele mais clara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>