• LE STRESA
    12/05/2017

    Que tal um Italiano, em Paris?
    Um clássico na rota gastrônomica de Paris, é o Le Stresa uma pequena casinha de toldo vermelho comandada pelos irmãos Faioli, um restaurante super acolhedor, que está em alta desde os anos 50 sempre mantendo o altissimo nivel na sua culinaria e publico!Super badalado e as reservas são obrigatórias! No dia em que jantei lá, a Izabel Goulart estava na mesa ao lado!
    Fica numa ruazinha paralela à Avenue Montaigne, bem atrás do Plaza Athenée o hotel em que estavamos hospedados, fomos a pé!

    IMG_7749

    Bota fendi
    Saia Prada
    Camisa Zara
    Meia Wolford
    Clutch Chanel
    Choker Betina de Luca

    image1 (1)

    7 rue Chambiges – 75008 – Paris
    telefone: 0147235162

  • Johnsons Baby
    12/05/2017

    Comercial lindo e emocionante, feito pela Johnson & Johnson em homenagem ao dia das mães, sensivel e apaixonante! A mensagem é valorizar diversidade e a forte ligação entre mãe e filho.

     

     

  • TRI Focadas!
    12/05/2017

    Quem viu a Glamour desse mês, com a Camila Coelho na capa?

    Estou dividindo as páginas com as gatas @MARIBRUGGER, @LETICIACAZARRE e minha amiga @JUCALCENA em uma matéria sobre o Triathlon, feita pela fofa e também atleta @NATHFUZARO.

    Bons treinos a todas!

    FullSizeRender

     

    FullSizeRender (1)

  • Mãe é de graça
    12/05/2017

    Lindo texto de Martha Medeiros, que resolvi compartilhar com vocês em comemoração a essa data tão especial, e ao meu primeiro Dia das mães!Um lindo dia para todas! <3

    O mundo não é maternal

    É bom ter mãe quando se é criança, e também é bom quando se é adulto. Quando se é adolescente a gente pensa que viveria melhor sem ela, mas é um erro de cálculo. Mãe é bom em qualquer idade. Sem ela, ficamos órfãos de tudo, já que o mundo lá fora não é nem um pouco maternal conosco.
    O mundo não se importa se estamos desagasalhados e passando fome. Não liga se virarmos a noite na rua, não dá a mínima se estamos acompanhados por maus elementos. O mundo quer defender o seu, não o nosso.

    Mãe também quer que a gente tenha boa aparência, mas está mais preocupada com a nossa limpeza interna: não quer que a gente se drogue, que a gente fume, que a gente beba.
    O mundo nos olha superficialmente. Não consegue enxergar através. Não detecta nossa tristeza, nosso queixo que treme, nosso abatimento. O mundo não tira nossa febre, não penteia nosso cabelo, não oferece um pedaço de bolo feito em casa.
    O mundo, quando não concorda com a gente, nos pune, nos rotula, nos exclui. O mundo não tem doçura, não tem paciência, não pára para nos ouvir. O mundo pergunta quantos eletrodomésticos temos em casa e qual é o nosso grau de instrução, mas não sabe nada dos nossos medos de infância, das nossas notas no colégio, de como foi duro arranjar o primeiro emprego.

    Mãe é de outro mundo. É emocionalmente incorreta: exclusivista, parcial, metida, brigona, insistente, dramática, chega a ser até corruptível se oferecermos em troca alguma atenção. Sofre no lugar da gente, se preocupa com detalhes e tenta adivinhar todas as nossas vontades, enquanto que o mundo propriamente dito exige eficiência máxima, seleciona os mais bem-dotados e cobra caro pelo seu tempo.
    Mãe é de graça!

    Aqui eu e minha boneca!
    i-rdxDfG7-X3

  • Geléia de Figos
    12/05/2017

    GELEIA DE FIGO | eitaaa coisinha boa, viu?! Boa pra boca e pra pele! kkk
    Por @farofafit
    .
    OQ? 5 figos descascados + 1 col sopa de mel (ou melado de cana) + 5 nozes pecã picadinhas (opcional).
    .
    COMO? Amasse os figos com um garfo até ficar com consistência de geleia > misture o mel > salpique as nozes antes de servir.

    .FarofaFit_GeleiadeFigo

    PQ? “Figos são uma boa fonte de flavonóides e fenóis, que protegem as células da pele do processo de oxidação, (prevenindo o envelhecimento precoce da pele). Figos também têm propriedades antiinflamatórias e podem ser consumidos para reduzir espinhas.” Uiiiaaa! Adorei; eu já sou “véia”, mas vira e mexe aparece uma espinha adolescente por aqui! Kkkk
    .
    Bio:
    Até os 30 anos, Gabi Castejon nunca tinha refogado arroz e nem tinha panela em casa, acredita? Pois é, em 2014 ela resolveu reduzir seu percentual de gordura e, por conta desta meta, ‘teve’ que começar a cozinhar. No começo, a Gabi achou a ideia de ir para a cozinha bastante sem sal, mas foi só começar para descobrir uma doce (e fit) paixão! Daí comprou panelas e uma passagem para Nova Iorque, onde se formou no Natural Gourmet Institute.

    Hoje, ela compartilha no FarofaFit (instagram/snapchat/facebook/youtube – @farofafit) as suas descobertas e receitas fit, tudo sempre nhaamm, saudável e com uma pitada de praticidade!